Classic Fusion Tourbillon Vitrail

Data:
Categoria: TÉCNICA ARTESANAL
"Através de uma nova tecnologia que tem sido desenvolvida na Suíça, a origem destes vidros pintados está no mundo da física."
1/2
2/2

Um turbilhão moderno, com um charme do Velho Mundo: o Classic Fusion Tourbillon Vitrail.

Inspirando-se em vitrais, com sua translucidez colorida e metais esqueletizados formando uma grande moldura, a Hublot alia esta arte tradicional com a relojoaria moderna no Classic Fusion Tourbillon Vitrail.

Através de uma nova tecnologia que tem sido desenvolvida na Suíça, a origem destes vidros pintados está no mundo da física, em que vidros óticos são utilizados para filtrar comprimentos de onda e cores específicas do espectro de luz visível.

Bem mais resistente do que o vidro tradicional, este vidro de última geração é fabricado por uma empresa especializada na Suíça, cuja tecnologia de ponta permite que as partes de vidro sejam cortadas a laser com exatidão de mícrons, dando origem a perfeita integração com o tipo de precisão exigida na relojoaria.

Os componentes de vidro do Tourbillon Vitrail estão fixados com firmeza às pontes e à placa do movimento esqueleto HUB6017, desenvolvido e manufaturado internamente na Hublot, através de O-rings que garantem sua integridade quando submetidos à expansão pelo calor ou outras mudanças atmosféricas.

Como algumas das partes de vidro estão sobrepostas a outras devido às posições das pontes e das placas superiores e inferiores do movimento, a intensidade de cor e translucidez varia de um ponto do movimento para outro, produzindo um vibrante mosaico de cores.

O próprio movimento foi projetado tendo-se em mente uma arquitetura contemporânea e geométrica, oferecendo 15 aberturas para aplicação das partes de vidro. O movimento turbilhão de corda manual é composto de 251 componentes individuais, proporcionando uma reserva de marcha de 5 dias, quando a corda está completa.

Além dos modelos originais do Classic Fusion Tourbillon Vitrail, esta patenteada tecnologia de vidro atualmente oferece dez cores translúcidas, com vários tons para cada uma. A mesma tecnologia também pode ser usada para incorporar outros materiais em um movimento de relógio, como madeira, metal ou até mesmo pedras semipreciosas, acrescentando uma nova dimensão ao conceito "Arte da Fusão".

Artigos relacionados