A Hublot homenageia Nelson Mandela

Data:
Categoria: PARCERIA
Apresentação oficial do Classic Fusion House of Mandela. Em colaboração com a fundação da família do ilustre defensor dos direitos humanos, a House of Mandela.
1/5
2/5
3/5
4/5
5/5

Seu nome é sinônimo de liberdade, esperança e dignidade. Pai da África do Sul democrática e multirracial de hoje, em 1994, ele se tornou o primeiro presidente negro do país. Falecido em 2013, aos 95 anos de idade, Nelson "Madiba" Mandela foi, sem sombra de dúvidas, uma das figuras mais influentes do mundo se tratando de direitos humanos. Seu nome hoje é celebrado muito além das fronteiras.

Em colaboração com a Fundação House of Mandela, criada pela família do vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1993, a Hublot decidiu homenageá-lo com o Classic Fusion House of Mandela. Trata-se de uma homenagem à personalidade excepcional de Mandela e ao legado que deixou, não só para sua família, mas para toda a humanidade.

A House of Mandela tem por objetivo comemorar a vida e a filosofia de Nelson Mandela. Dentre seus diversos projetos de caridade, a família Mandela contribui para a educação das crianças na África do Sul. Parte dos lucros com a venda dos relógios será doada à fundação para contribuir com esse objetivo.

Ricardo Guadalupe declarou: "É uma honra para nós termos tido a oportunidade de criar esta peça em homenagem a Nelson Mandela, uma figura que tanto marcou a história da humanidade. O Classic Fusion House of Mandela é o modo que encontramos para eternizar a filosofia e as ações deste grande homem."

Feito em King Gold 18K, o Classic Fusion House of Mandela está disponível em 2 versões: um modelo masculino, de 45 mm de diâmetro, e um modelo feminino, de 42 mm cravejado com 35 diamantes (1,15 quilates) sobre o aro. Uma edição especial limitada com apenas 95 peças, exatamente a idade com que Nelson Mandela nos deixou. No mostrador, temos o símbolo da família Mandela, a abelha e suas asas como ramificações, símbolo dos múltiplos ramos da árvore da família Mandela. Este inseto não foi escolhido ao acaso: trata-se, na verdade, da tradução do nome próprio africano de Nelson Mandela, Rolihlahla, que significa "aquele que é corajoso o suficiente para desafiar o status quo". A abelha representa também a coragem, a partilha e a compaixão - que são valores compartilhados pela família. O toque final da peça fica por conta da pulseira em couro de crocodilo preto.

Artigos relacionados