Borracha

Data:
Categoria: TÉCNICA ARTESANAL
"O material por excelência das pulseiras de relógios esportivos."
1/3
2/3
3/3

Borracha: o material que mudou para sempre o mundo dos relógios esportivos.

Carlo Crocco fundou a Hublot em 1980. A marca de relógios esportivos de luxo foi construída em torno do mundo de esportes aquáticos. Sendo um ávido velejador, Crocco estava insatisfeito com as pulseiras de metal e couro, as únicas disponíveis na época. Ele queria criar um relógio que combinasse tanto com um terno e gravata quanto com o convés de um veleiro. Como ele considerava desconfortáveis as pulseiras em metal e pulseiras de couro são inadequadas em proximidade com a água, decidiu dar uma chance a um material então nada convencional: a borracha.

Apesar de algum ceticismo sobre esse uso pioneiro da Hublot na década de 80, a borracha tornou-se o material por excelência das pulseiras de relógios esportivos. Ela é mais macia e mais durável do que as pulseiras de couro convencionais e não parece tão inerentemente esportiva como um relógio em uma pulseira de metal. Além de ser perfeitamente adequada para esportes náuticos, a borracha tem a vantagem de ser lavável, sem se alterar ou se decompor ao longo do tempo, o que é uma das deficiências de pulseiras de couro tradicionais.

Hoje, a Hublot oferece sua característica pulseira de borracha em uma infinidade de cores e texturas, cada uma harmoniosamente combinada com o relógio. A Hublot até mesmo combinou borracha com outros materiais, incluindo couro de bezerro e couro de jacaré, o NOMEX, à prova de fogo, e até mesmo denim.

Sobre o material

A borracha é um composto de látex de ocorrência natural, mais comumente originada da seringueira Pará (Hevea Brasiliensis). Material hiperelástico, a borracha tem uma grande capacidade de extensão e elevada resiliência, que a tornam insuperável em uma ampla variedade de aplicações.

Borrachas sintética e natural são normalmente utilizadas em conjunto, uma vez que suas propriedades únicas se complementam e resultam em um material de desempenho superior. Como a borracha é naturalmente preta, a borracha colorida requer em sua formulação a inclusão de aditivos como greda e sílica.

Fato curioso: na Inglaterra do século XVIII, o famoso filósofo natural Joseph Priestley descobriu que o material, então recentemente descoberto, conhecido pelo nome francês caoutchouc, funcionava maravilhosamente ao ser esfregado em marcas de lápis sobre papel, daí o nome "rubber" (esfregador) em inglês.

Artigos relacionados